6 Plugins para o SEO do seu site em WordPress

Plugins para o SEO

Utilizar corretamente os plugins para o SEO em seu site, vai fazer com que ele chegue no topo nos sites de buscas. Veja 6 Plugins Essenciais e de uso obrigatário para ter sucesso com o seu site.

Em caso de dúvida na instalação ou configuração de algum plugin, entre em contato.

1 – Yoast SEO

O Yoast SEO é o melhor plugin de SEO para você instalar em seu site. No Yoast SEO, você pode inserir a palavra-chave ou frase-chave que deseja que sua postagem ou página seja classificada nos resultados da pesquisa.

O plugin te orienta com as ações necessárias que você deve tomar, e ao corrigir todas as melhorias necessárias, a sua postagem já está pronta para ser publicada.

Na aba “Legibilidade”, você também vai encontrar orientações antes da publicação ir ao ar.

Já na aba “Redes Sociais”, caso você queira que o título da postagem apareça diferente no Facebook ou no Twitter, você pode alterar incluindo as informações.

2 – WP Super Cache


Existem diversos plugins para administrar o cache do seu site, mas o WP Super Cache, além de ser gratuito, tem tudo o que o seu site vai precisar.

O WP Super Cache, cria automaticamente arquivos HTML estáticos das postagens e páginas do seu site. E uma vez que o html é mais leve do que o PHP, o seu servidor vai processar os scripts de forma mais eficaz.

Os arquivos estáticos em HTML serão exibidos para a grande maioria dos seus usuários:

  • Usuários que não estão conectados.
  • Usuários que não deixaram um comentário no seu blog.
  • Ou usuários que não visualizaram um post protegido por senha.

99% de seus visitantes receberão arquivos html estáticos. Um arquivo em cache pode ser servido milhares de vezes. Outros visitantes receberão arquivos em cache personalizados, adaptados à sua visita. Se estiverem conectados ou tiverem deixado comentários, esses detalhes serão exibidos e armazenados em cache para eles.

O plugin serve arquivos em cache de 3 maneiras (classificadas por velocidade):

  1. Avançado. O método mais rápido é usar o Apache mod_rewrite (ou qualquer outro módulo semelhante suportado pelo servidor web) para servir arquivos html estáticos “supercached”. Isso ignora completamente o PHP e é extremamente rápido. Se o seu servidor for atingido por um tráfego intenso, é mais provável que ele atenda, pois as solicitações são “mais leves”. Isso requer o módulo mod_rewrite do Apache (que provavelmente está instalado se você tiver links permanentes personalizados) e uma modificação do seu arquivo .htaccess que é arriscado e pode derrubar o seu site se modificado incorretamente.
  2. Simples. Arquivos estáticos do supercache podem ser servidos pelo PHP e esta é a maneira recomendada de usar o plugin. O plugin servirá um arquivo em supercache se existir e é quase tão rápido quanto o método mod_rewrite. É mais fácil de configurar, pois o arquivo .htaccess não precisa ser alterado. Você ainda precisa de um link permanente personalizado. Você pode manter partes dinâmicas da sua página neste modo de cache.
  3. Cache pelo WP-Cache. Usado principalmente para armazenar em cache páginas de usuários conhecidos, URLs com parâmetros e feeds. Usuários conhecidos são usuários logados, visitantes que deixam comentários ou aqueles que devem receber dados personalizados por usuário. É o método de cache mais flexível e um pouco mais lento. Ele também armazenará em cache as visitas de usuários desconhecidos se o supercache estiver desativado. Você também pode ter partes dinâmicas em sua página neste modo. Esse modo está sempre ativado, mas você pode desativar o cache de usuários conhecidos, URLs com parâmetros ou feeds separadamente. Defina a constante “DISABLE_SUPERCACHE” como 1 no seu wp-config.php se você quiser usar apenas o cache do WP-Cache.

3 – Custom Permalinks

O Custom Permalinks é o plugin que vai te auxiliar na criação de links personalizados para as suas postagens, tags e categoria.

Os links permanentes antigos serão redirecionados corretamente para o novo endereço. Os Permalinks personalizados oferecem controle total
sobre a estrutura do site.

Se no seu site você possui uma categoria de nome “Cinema”, ao invés do usuário acessar pelo link nomedosite.com/category/cinema, você pode personalizar adotando o seguinte endereço: nomedosite.com/cinema.

4 – Google XML Sitemaps


O Google XML Sitemaps vai melhorar bastante o SEO e criar sitemaps XML especiais que ajudarão os mecanismos de pesquisa como Google, Bing, Yahoo e Ask.com a indexar melhor seu site.

Com esse mapa do site, é muito mais fácil para os rastreadores ver a estrutura completa do site e recuperá-la com mais eficiência. O plug-in suporta todos os tipos de páginas geradas pelo WordPress, bem como URLs personalizados. Além disso, ele notifica todos os principais mecanismos de pesquisa toda vez que você cria uma publicação sobre o novo conteúdo.

Após a instalação do plugin, é necessário que você envie a URL do seu sitemap para o Google usando o Google Search Console.

5 – Broken Link Checker

O Broken Link Checker irá monitorar seu blog em busca de links quebrados e avisar se houver algum. É um dos melhores plugins para o SEO, relacionado de links quebrados.

  • Monitora links em suas postagens, páginas, comentários e campos personalizados (opcional).
  • Detecta links que não funcionam, imagens ausentes e redirecionamentos.
  • Notifica você por meio do Painel ou por email.
  • Faz com que os links quebrados sejam exibidos de maneira diferente nas postagens (opcional).
  • Impede que os mecanismos de pesquisa sigam links quebrados (opcional).
  • Você pode pesquisar e filtrar links por URL, texto âncora e assim por diante.
  • Os links podem ser editados diretamente da página do plug-in, sem atualizar manualmente cada postagem.
  • Altamente configurável.

Uso básico

Uma vez instalado, o plug-in começará a analisar suas postagens, favoritos (AKA blogroll) e outros conteúdos, além de procurar links. Dependendo do tamanho do seu site, isso pode levar de alguns minutos a uma hora ou mais. Quando a análise estiver concluída, o plug-in começará a verificar cada link para ver se funciona. Novamente, quanto tempo isso leva depende do tamanho do seu site e de quantos links existem. Você pode monitorar o progresso e ajustar várias opções de verificação de link em Configurações -> Verificador de Link .

Os links quebrados, se houver algum, aparecerão em uma nova guia do painel de administração do WP – Ferramentas -> Links quebrados . Uma notificação também aparecerá no widget “Broken Link Checker” no Painel. Para economizar espaço de exibição, você pode manter o widget fechado e configurá-lo para expandir automaticamente quando links problemáticos forem detectados. As notificações por email precisam ser ativadas separadamente (em Configurações -> Verificador de Link ).

A guia “Links quebrados”, por padrão, exibe uma lista de links quebrados que foram detectados até o momento. No entanto, você pode usar os links nessa página para visualizar redirecionamentos ou ver uma lista de todos os links – funcionando ou não – em vez disso. Você também pode criar novos filtros de links realizando uma pesquisa e clicando no botão “Criar filtro personalizado”. Por exemplo, isso pode ser usado para criar um filtro que mostra apenas links de comentários.

Existem várias ações associadas a cada link. Eles aparecem quando você passa o mouse sobre um dos links listados na guia acima mencionada –

  • “Editar URL” permite alterar o URL desse link. Se o link estiver presente em mais de um local (por exemplo, em uma postagem e no blogroll), todas as ocorrências desse URL serão alteradas.
  • “Desvincular” remove o link, mas deixa intacto o texto do link.
  • “Não quebrado” permite marcar manualmente um link “quebrado” como funcionando. Isso é útil se você souber que foi detectado incorretamente como quebrado devido a uma falha na rede ou a um bug. O link marcado ainda será verificado periodicamente, mas o plug-in não o considerará quebrado, a menos que obtenha um novo resultado.
  • “Ignorar” oculta o link das visualizações “Links quebrados” e “Redirecionados”. Ele ainda será verificado como normal e terá os estilos normais de link (por exemplo, um efeito de passagem para links quebrados), mas não será relatado novamente, a menos que seu status seja alterado. Útil se você deseja reconhecer um link como quebrado / redirecionado e apenas deixar como está.

6 – Yet Another Related Posts Plugin (YARPP)

Plugins para o SEO

Se a sua taxa de rejeição está baixa, um dos motivos é que os usuários não permanecem muito tempo no seu site. O plugin Yet Another Related Posts Plugin é o melhor para exibir postagens relacionadas.

O plugin exibe páginas, postagens e tipos de post personalizados relacionados à entrada atual, apresentando aos leitores outros conteúdos relevantes em seu site.

YARPP Basic para recursos padrão

  • Exibição em miniatura ou lista de conteúdo relacionado.
  • Postagens relacionadas, páginas e tipos de postagem personalizados.
  • Templating : O sistema YARPP templates lhe dá o controle avançado de como os resultados são exibidos.
  • Um algoritmo avançado e versátil : usando um algoritmo personalizável considerando títulos de postagens, conteúdo, tags, categorias e taxonomias personalizadas, o YARPP localiza conteúdo relacionado em todo o site. Saber mais.
  • Postagens relacionadas nos feeds : Exiba postagens relacionadas nos feeds RSS com opções de exibição personalizadas.
Facebook Instagram Twitter
WhatsApp WhatsApp us